sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Acessórios de Batalha

O 2º catálogo a chegar a Portugal foi em 1988. Com ele, uma panóplia de veículos e estações de batalha de um leque de anteriores séries nos EUA (de 1983 a 1986). E uma novidade para Portugal, os acessórios de batalha (que se incluíam na categoria dos veículos).


A unidade de depósito de armas (Ammo Dump Unit - 1985, EUA) era composta por equipamento variado. De caixas de projécteis de menor calibre a rockets e bombas passando até por um bidão de combustível!

A caixa de "madeira" incluía nalguns casos novas pinturas de armamento incluído em veículos que haviam já sido lançados nos EUA e em Portugal no ano anterior (caso do Cobra F.A.N.G.). Trazia também 2 bases para figuras, que era útil para quem gostava de as ter expostas!


Também os Cobra receberiam o seu "acessório de batalha" o Rifle Range Unit, que era uma carreira de tiro para treino. também este "Battlefield Accessory" datava de 1985, série 4 nos EUA. O meu 1º foi comprado num dia de praia e montado na areia. Felizmente, nada se perdeu nem houveram grãos a entrar nos autocolantes.


Nesse catálogo e na mesma imagem dos "acessórios de batalha", vinham também mais "estações de batalha", e também de 1985 nos EUA, o Forward Observer Unit. Formado por uma tenda, monóculo e rádio, (além de armamento) era um posto de observação e ataque por morteiro.


Já de 1986 (EUA) vinha incluído no catálogo de 1988 (Portugal) o L.A.W., uma arma laser de artilharia. Simples, mas fantástica em termos de design. Outra imagem do "possível futuro" nos campos de batalha.


O Outpost Defender era um posto avançado. Um dos meus preferidos. Tinha um aspecto mais "militar" e mais contextualizado com a actualidade (na altura). Trazia uma caixa com 3 espingardas e um canhão para afastar invasores. Também de 1986 (EUA). Uma estação de batalha de médio tamanho, podia abrigar 5 ou 6 Joes no seu interior. Comprei o meu 1º "Outpost" no mesmo dia que comprei o Rifle Range. E foi durante muitos anos um dos meus "habituais" em todas as cenas de acção.


A "versão" dos Cobra era inevitavelmente mais mecânica. Além da fantástica cor que se tornaria conhecida como "Cobra Blue", era uma estação de detecção, transmissão e defesa, bem armada e extremamente bem concebida. Outro favorito, embora só viesse a ter uma destas já como coleccionador. Um original de 1986, fechava a linha de "estações de batalha" da série.

Sem comentários:

Publicar um comentário