sábado, 30 de dezembro de 2017

Feliz 1988!





1988 . Tinha iniciado há pouco o 2º período na escola... A Concentra, que representava os brinquedos da Hasbro, fez o favor de distribuir os novos catálogos de Action Force – International Heroes – nos pontos de venda. No espaço de dias, era leitura obrigatória nos recreios da escola. Pelo menos da minha. Matemática, Português e outras disciplinas eram secundárias… mal soava a campainha, devorávamos o conteúdo do panfleto com os novos veículos e figuras. 



Uma mescla de 1983 a 1987, fazíamos listas mentais do que era obrigatório adquirir em breve. Muito em breve, e se possível, ontem. Discutíamos o que um e outros iam comprar de modo a que, entre todos, tivéssemos a série completa. O meu preferido era o Thundermachine.  Mas havia muito por onde escolher. Eis as novas adições à coleção:

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

30 anos em Portugal!




Ao fim de quase 5 anos de inactividade e de um surpreendente largo número de pedidos de regresso, está de volta o www.gijoeportugal.com!  E que melhor momento do que celebrar os 30 anos de presença de G.I.JOE em Portugal? Na realidade, por aqui a história começou com Action Force, pela altura do Natal de 1987, e era, como a maioria sabe, nome atribuído aos Joes no Reino Unido e Irlanda, e cuja história já explorei aqui nalguns posts. Mas regressemos ao passado!

Numa era repleta de brinquedos de qualidade em que o preço compensava com a qualidade do produto, o mercado era dominado pelo He-Man e os seus Masters of the Universe, Lego e Playmobil como seria de esperar. Ainda se vendia bastante Star Wars (O Regresso do Jedi ainda estava bem fresco), Zoids, e TANTOS outros que escuso de enumerar. Era, de facto, complicado impressionar. E eis que chega Action Force.