domingo, 6 de março de 2011

União de esforços

No ano de 1990 os Joes "Europeus" fixaram a sua aliança com os "Norte-Americanos". Uma versão do catálogo desse ano distribuído nalguns países europeus davam conta desta mudança. Até lá, G.I.Joe na Europa tinha o nome de código "Action Force". A partir de agora, figuras e veículos traziam o logo+marca "G.I.Joe: The Action Force". Um dos veículos dessa série era Desert Fox 6WD.  


Na frente é possível observar a bandeira dos G.I.Joe mas ao mesmo tempo, atrás está ainda a bandeira dos Action Force (três riscas horizontais com a estrela no meio) variando assim da versão original (EUA) que no lugar da marca de Action Force teria "United States".


No fundo, esta manobra não era mais que uma passagem de testemunho que duraria duas séries e que servia para explicar de uma forma interessante aos fãs e coleccionadores a razão pela qual a partir de certa altura se deixaria de ver "Action Force" e passaria a ser daí em diante apenas "G.I.Joe". A Hasbro pouparia assim milhões em impressões paralelas de caixas de veículos e blisters de figuras. Uma forma genial e cuidada de fazer a transição e não perder clientes.


Desert Fox (Raposa do Deserto) era um veículo de tracção às 6 rodas e que transportava 4 Joes. Tinha uma torre de 20mm anti-aeronave e 2 mísseis anti-tanque. Sendo um veículo de patrulha, contava com uma estação de radar de detecção de intrusos. Como o nome indica, operava no deserto e havia sido desenvolvido para rodar a alta velocidade nas dunas.

 
Original de 1988 (EUA) chegou, como referido, a Portugal em 1990. O preço rondava os 3.500$ (cerca de 15€) enquanto no EUA o preço não chegava a US$7 (algo como €5). Se hoje os brinquedos são caros, na altura eram um luxo. Especialmente brinquedos de marcas conceituadas e de alta qualidade. Tive para comprar o meu Desert Fox 6WD ao pai de um amigo meu que tinha uma papelaria. Estava à venda por 3.000$ (escudos) mas quando finalmente reuni a soma, havia sido vendido. Curiosamente por esta altura (Carnaval).

 
Com o veículo, vinha o seu condutor "Skidmark". Condutor especialista de veículos de alta velocidade havia sido um jovem exemplar. Excelente aluno, aprumado e cuidado em tudo o que fazia. Tão perfeito que colhia o "ódio" dos pares pois fazia todos parecerem mal em comparação. Quando tirou a carta, passou a ser recordista de multas de velocidade excessiva...

   

Sem comentários:

Publicar um comentário