segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Veículo da semana: Razorback

Um veículo das forças de Destro, os Iron Grenadiers, é uma das mais poderosas armas ao serviço dos Cobra. Veio substituir o D.E.M.O.N. (lançado no ano anterior) e com linhas mais elegantes, era mais rápido e mais letal. 


Quando criado, o nome sugerido foi D.E.A.T.H., para suceder ao "Dual Elevating Multi Ordnance Neutralizer" mas acabou por ser baptizado Razorback porque segundo consta, os criadores não conseguiram arranjar uma palavra que correspondesse ao H.


Assim, o novíssimo Razorback do exército de Destro debutou em 1989 (EUA) e chegaria a Portugal com a colecção de 1991.


Esta formidável nova arma passou a ser a ponta da lança dos ataques dos Cobra, e substituiu o D.E.M.O.N. que embora veloz, não era tão móvel ou adaptável ao terreno como o sucessor.


À semelhança do D.E.M.O.N., também o Razorback tinha duas posições de combate, podendo-se elevar para distribuir miséria através do seu imenso poder de fogo.


Contava com 8 mísseis QVX 902 "Short Blast" de superfície e um canhão duplo de 205mm que acoplado a uma cúpula podia movimentar-se em 3 dimensões e seguir facilmente qualquer alvo terrestre ou não.


Incluído com o armamento de série, vinha um lança-mísseis portátil accionado por mola.


Retirando um dos mísseis do ninho, podia ser acoplado ao mecanismo de lançamento e ser usado pelo artilheiro.


Um dos detalhes mais espectaculares deste veículo era o acesso à cúpula do canhão. A cadeira baixava 90º para permitir o acesso ao utilizador. Este lugar era ocupado por Destro num episódio da DIC que passou em Portugal e que fazia parte da série "Operation Dragonfire".


Além da antena de alta potência para recepção e transmissão de comunicações, contava também com um radar que se elevava da estrutura.


O bloco do motor com modulador de baixo ruído e anulador de infravermelhos contemplava também uma pequena zona de carga que tinha espaço para algumas mochilas ou armas.


Haviam duas variantes dos mísseis a circular na Europa. A de cima tinha um acabamento dourado que era conseguido através de uma pintura sobre o plástico de um tom mais rosado. Nenhuma delas corresponde directamente à versão americana que era fabricada já com o pigmento amarelo dourado.


Incluído com o Razorback vinha o seu condutor, Wild Boar. BIO: O Razorback é o principal veículo de assalto da linha da frente dos Cobra. A sua impressionante capacidade de poder de fogo pode destruir totalmente um veículo inimigo em poucos minutos! Somente o "creme de la creme" dos Comandantes Cobra pode ser admitido no programa de condutores de Razorback. Todos os recrutas devem passar por um cronograma de treino tortuoso que enfatiza a disciplina, disciplina e mais disciplina! Aqueles que sobrevivem recebem o respeito de ser um piloto de Razorback e muitas acções no plano de partilha de lucros dos Cobra!
"Os Wild Boars são adversários formidáveis ​​no campo de batalha porque eles personificam o mais temível de atributos - a vontade de vencer!"

  

Sem comentários:

Publicar um comentário