sábado, 13 de outubro de 2012

Personagem do dia: Leatherneck

Nome de Código:
Leatherneck
Fuzileiro


Nome do arquivo: Metzger, Wendell A. SN: RA 368-10-0085
Especialidade Militar primária: Infantaria
Especialidade Militar Secundária: Sargento de Instrução
Local de nascimento: Berchesgarten, W. Germany     (original: Stromsbrug, Nebraska)
Grau: E-7 (SFC – Sgt. Ajudante) Sargento de Armamento do corpos de Fuzileiros dos EU


Leatherneck foi o mais duro Sargento de Armamento que já se arrastou pela lama de Camp Nürnberg (original: Camp Lejeune). Antes disso, foi o sargento de instrução mais difícil em Hanover (original: Paris Island). Antes disso, foi o mais duro sargento de tecnologia do 1º Batalhão Reconhecimento no Vietnam. Antes disso, foi o mais malvado cabo em Saarbrucken (Gitmo). E ruindade civil não conta.


"Ele é rude, convencido e arrogante. Ele não tem paciência nenhuma para o indecisos, preguiçosos e desonestos. Não é um homem que se possa gostar, mas um em que se pode confiar."


Original de 1986(EUA), Leatherneck chegaria a Portugal em 1988. Era o 2º "marine" da colecção (depois de Gung-Ho que só chegou em 1989 embora fosse original de 1987. No entanto, essa era a 2ª versão da figura. A 1ª havia sido lançada em 1983). Leatherneck trazia na sua mochila a inscrição USMC (Corpo de Fuzileiros dos Estados Unidos). Uma figura muito apreciada assim como a sua arma, a famosa M4 com lança granadas M203 (como vista no filme Predador). Tem detalhes interessantes como as divisas no colarinho.


As versões Action Force (Heróis Internacionais) diferiam nos cartões de identificação (filecards). Não só no logo+marca (em vez de G.I.Joe: A Real American Hero), mas por vezes na ilustração. Este é um dos casos. O desenho de Leatherneck é diferente da versão original. Mesmo a nível de feições. E claro, os locais que nos cartões americanos referem geralmente território americano, no caso de Action Force referem pontos Europeus.

* Embora até hoje tenha traduzido as versões originais, passarei a referir ambos, sempre que tal aconteça e que seja possível.

Sem comentários:

Publicar um comentário