sexta-feira, 29 de junho de 2012

Veículo da semana: Arctic Blast

O Arctic Blast era um veículo de patrulha em serviço no Alaska usado para detectar infiltrações inimigas nos perímetros defensivos da desolada e gelada região.


Ao olhar pela 1ª vez para o novo catálogo em 1991 (nos EUA foi lançado em 1989), foi um dos veículos que não me seduzindo inicialmente, acabou por me surpreender mais tarde e de forma muito positiva. As rodas eram de borracha, e cheguei rapidamente à conclusão que o ângulo usado para a fotografia de catálogo não o favorecia.

   
Lembro-me perfeitamente de comparar a estrutura de protecção às árvores de plástico onde os componentes eram afixados (e mais tarde retirados para construir os modelos). Pensava que a Hasbro estava a ficar curta de ideias. 


Uma coisa que me agradou de imediato foi a presença de 2 postos manuais de tiro com um ângulo efectivo de 60º a 90º. As luzes/holofotes "Laser Blast" davam-lhe um toque de classe.


O Arctic Blast podia assim transportar mais 2 figuras para além do condutor.


Outro pormenor digno de destaque era a inclusão de acessórios (skis e espingarda) na figura. Era mais que um "simples" condutor, tinha os seus acessórios! Não era muito comum.


Fortemente armado para um veículo de patrulha, o Arctic Blast contava com 2 canhões rotativos de 30mm "Chain Gang", 2 mísseis de superfície "Cool Cruiser" de "Classe Avalanche", e duas plataformas com  metralhadoras duplas 7.62mm de fogo coaxial.


Com um motor LFV-30 turbodiesel a debitar 225cv, os pneus "Puncher" sobredimensionados atravessam praticamente tudo! 


Incluído com o Arctic Blast vinha o seu condutor, Windchill.

BIO:

Nome de Código:
Windchill
Condutor do Arctic Blast
Nome de Arquivo: Steel, Jim SN: 312-60-0386
Especialidade Militar Primária: Condutor do Arctic Blast
Especialidade Militar Secundária: Instrutor de Sobrevivência em tempo frio
Local de nascimento: Cedar Rapids, Iowa
Grau: E-6 (1º Sargento)


Windchill era um ávido condutor de moto de neve e caçador até que descobriu o Biathlon*. Parecia o melhor desporto para ele, e poderia ter-se qualificado para um lugar na selecção americana se não tivesse falado com o Blizzard no Torneio Nacional de Eliminação. De alguma forma, a idéia de ser pago para conduzir rápidos veículos de neve fortemente armados era mais atraente do que ganhar medalhas!

"Conduzir qualquer tipo de veículo de neve de alta velocidade na neve e no gelo exige muito mais do que manter os controles. O condutor deve ser capaz de detectar rapidamente objectos imóveis enterrados debaixo de pó solto, gelo fino, ou a forma como o vento pode preencher uma fenda com neve macia. Windchill pode "ler" os elementos da natureza como um livro, e isso dá-lhe a vantagem que ele precisa para vencer numa batalha de inverno! "
* Um evento olímpico que combina esqui cross-country e tiro ao alvo.



Sem comentários:

Publicar um comentário